Fique atento às mudanças no Imposto de Renda de 2022

No início deste ano, a Receita Federal anunciou novas regras e formas de acesso ao novo programa do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

O prazo para enviar os documentos ao Leão começou no dia 7 de março e vai até 31 de maio deste ano. Para que você não caia na “malha fina”, o Metrópoles listou, com a ajuda de um especialista, cinco mudanças para se atentar na hora de declarar o IRPF.

De acordo com Celso Alves dos Santos, especialista em Administração Financeira e Auditoria, contador e sócio da De Biasi Auditoria, Consultoria e Outsourcing, as mudanças foram significativas e melhoraram a tecnologia do processo, além de garantir mais facilidade para fazer o procedimento.

Veja o que mudou na declaração do imposto de renda em 2022:

Pagamento com PIX

Além do pagamento tradicional do DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) do imposto de renda com código de barras ou mesmo débito em conta bancária, a partir deste ano terá QR Code e o imposto poderá ser pago via PIX, o que facilita o procedimento.

Restituição via PIX

Desde que a chave seja o CPF do titular da declaração, a restituição poderá ser recebida via PIX. Contudo, permanece a forma tradicional por meio do crédito em conta bancária para quem não quiser aderir à novidade.

Carnê-Leão

O programa Carne-Leão deixou de existir, sendo necessário acessar o ambiente e-cac, no site da Receita Federal para fazer a apuração.

O Carne-Leão é a forma utilizada por quem trabalha como profissional autônomo e recebe como Pessoa Física para acertar as contas com a Receita.

Poderão ser importados os dados do Carne-Leão em todas as plataformas (programa, app e on-line), inclusive informações de dependentes (se autorizado), mediante acesso pela conta gov.br de nível prata ou ouro.

Declaração pré-preenchida

A declaração poderá estar pré-preenchida em todas as plataformas, desde que possua a conta gov.br de nível prata ou ouro. Essa é uma forma de verificar as informações que a Receita Federal tem sobre você no banco de dados. Isso, contudo, não extingue a necessidade de constatar a exatidão das informações.

Dependentes

Passa a ser obrigatória a informação se o dependente mora com o titular. Essa confirmação atualiza o endereço no CPF do dependente, além da necessidade de informar e-mail e celular.

De acordo com a Receita, até o momento, mais de 5 milhões de pessoas já declararam o imposto. Para este ano são esperadas 34,1 milhões de declarações, número próximo das 34.168.569 recebidas em 2021. Fique atento ao prazo de entrega dos documentos!


Categoria: Sem categoria

14 de abril de 2022

Sem Comentários


Deixe o seu comentário!

Entre em Contato SERÁ UMA SATISFAÇÃO PODER AJUDAR!

Praça da Sé, 158 - Cjs. 601 /603 - Centro
São Paulo - SP - CEP 01001-001

(11) 3081-4376 e 3105-0672 | +351 91101-6989

atendimento@palmiericonsultoria.com.br

Enviando...